Caso a caso | Central Galeria

© Divulgação

A Central Galeria apresenta, “Caso o Acaso”, exposição coletiva que propõe um diálogo entre a produção de oito artistas que desgastam e testam a resistência de materiais, normalmente considerados sólidos e usados em diferentes estruturas.

Os trabalhos rompem, inserem brechas ou ainda distorcem elementos tão diversos quanto o cimento, gesso, madeira, argila, cerâmica, vidro, além do próprio espaço expositivo. Desconstruir para reconstruir, construir para destruir, moldar a partir da arquitetura antiga ou atual, aglutinar elementos soltos em um novo objeto. São todos procedimentos observados nas obras desses artistas, nas quais a transformação da matéria se sobressai.

Assim, esses trabalhos tornam palpáveis a impermanência e fragilidade intrínseca desses materiais e das estruturas que eles suportam. Algumas obras aparecem como resquícios de um passado, que desfaz as camadas do tempo, a imagem de paredes desgatadas. Outras, devolvem organicidade e movimento à rigidez de elementos de sustentação, como tapumes e concretos. Transpassando os limites, as obras reunidas na exposição formulam um convite a considerar o avesso, o que há por detrás do muro.

“Caso o acaso” promove recortes individuais, salientando o trabalho de cada artista, tanto quanto tece diálogos e relações entre as suas poéticas singulares.

Participam da exposição os artistas Bruno Baptistelli, Theo Craveiro, Romain Dumesnil, Anna Israel, Manoela Medeiros, Brisa Noronha, C. L. Salvaro e Rodrigo Sassi.

Compartilhar: