Carla Chaim | LAMB Arts

Continuando seu diálogo com a herança brasileira de arte construtivista e geométrica, em “White Flag” Carla Chaim mostra uma série de obras baseadas na prática do origami não figurativo; ela emprega o dobramento e desdobramento de papel como um processo de produção e como uma forma de transformar o suporte bidimensional em um objeto tridimensional.

A peça central do show, a instalação “White Flag” sustenta essa prática, ao empregar diferentes tons de branco, Chaim simultaneamente cria uma forma unida, enquanto sutilmente destaca as dobras. A instalação, no entanto, difere de suas obras anteriores na medida em que foi concebido com o espaço da galeria em mente. Na verdade, no trabalho a artista brinca com a idéia de transformar o espaço arquitetônico da galeria por “dobrar o chão”. Os papéis exibidos foram cortados na imitação da planta e dobrados em 16 maneiras diferentes.

Em seus trabalhos paralelos “Cadernos de fluxo”, Carla experimenta explorar a versatilidade da linha, com uma dobra singular, a artista cria novas composições e padrões lineares.

Carla Chaim foi matéria da Dasartes #44, clique aqui e conheça um pouco mais sobre o seu trabalho.

Compartilhar: