ArtSonica Residência Artística | Oi Futuro

O Oi Futuro recebe exposição ArtSonica Residência Artística, que levará aos visitantes o ineditismo de criações que ligam tecnologia e arte nas suas mais diversas formas, fruto de estudos, investigações de campo, observação do cotidiano e ideias inovadoras vindas de nove residentes do projeto viabilizado por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, com patrocínio Oi, realização Zucca Produções e apoio cultural do Oi Futuro. Em cartaz até o dia 15 de setembro, a mostra traz acessibilidade e inclusão, possibilitando que qualquer pessoa experimente todas as propostas artísticas.

A mostra é uma oportunidade para que todos os tipos de público possam fruir as experimentações apresentadas. De audiodescrição a tradução em libras, passando por facilidades de locomoção dentro do espaço, tudo foi pensado para alcançar o maior número de pessoas, tornando o ArtSonica inovador, múltiplo, democrático e diverso. E, por tudo isso, especialmente contemporâneo.

“A exposição é o resultado do projeto de residência mais robusta gestada nesse primeiro ano do Lab Oi Futuro, laboratório de experimentação artística do Oi Futuro, um espaço que materializa nosso propósito de atuar como um catalisador criativo, impulsionando pessoas por meio das artes, estimulando a cocriação e promovendo o acesso à cultura na era digital”, diz Roberto Guimarães, gerente executivo de Cultura do Oi Futuro.

“Exibiremos ao público os caminhos, as ideias e as projeções do que foi feito durante a residência. Não se trata de um resultado final, com uma obra pronta, mas, sim, de processos de pesquisa que tiveram a oportunidade de serem desenvolvidos durante a estada dos artistas no ArtSonica. Alguns processos criativos ganharam vida própria e seguem trilhando novas fontes de pesquisa, outros foram finalizados. Há, ainda, projetos que nasceram com uma ideia, mas mudaram ao longo do trabalho. É isso que o público verá: até onde alcançaram as pesquisas realizadas durante a residência”, explica Júlio Zucca, diretor da Zucca Produções.

Cada residente recebeu bolsa de financiamento com valores entre R$ 20 mil a R$ 40 mil. Foram selecionados projetos de Brasília, Belo Horizonte, Porto Alegre, Recife, Teresina e Rio de Janeiro. As pesquisas foram feitas no Rio, com entrevistas, gravações de vídeos, captação de áudios, experimentos sensoriais, desenvolvimento em Realidade Virtual, ensaios de performance, pesquisa de moda, pesquisa histórica e muito mais. A base de apoio para o desenvolvimento criativo e os trabalhos em estúdio foram realizados no Lab Oi Futuro, laboratório de experimentação sonora e musical da instituição.

Compartilhar: