"Ambiguidades", mostra coletiva com os artistas visuais no Ateliê da Imagem.

Alexandre Dacosta, André Sheik, Bob N, Eduardo Mariz, Felipe Barbosa, Greice Rosa, Julio Castro, Leonardo Ramadinha, Lia do Rio, Marcio Zardo, Marco Antonio Portela, Mirela Luz, Osvaldo Carvalho, Patricia Gouvêa, Raimundo Rodriguez, Rogério Reis, Rosana Ricalde, Suely Farhi e Xico Chaves.

Para o poeta francês Stephane Mallarmé – pioneiro na execução da obra aberta – “denominar um objeto é suprimir três quartos da fruição do poema, que é feita da felicidade de adivinhá-lo pouco a pouco: sugeri-lo … eis o sonho”.

A Galeria do Ateliê inaugura no dia 13 de março, 19h, mostra coletiva com dezenove artistas que, de alguma forma, utilizam a ambiguidade como valor fundamental na construção do seu discurso, frequentemente valorizando os ideais de informalidade, do acaso, da fragmentação, da descontinuidade, do inacabado e da indeterminação dos resultados. O Ateliê da Imagem fica na avenida Pasteur, 453, Urca (2541 3314).

São eles: Alexandre Dacosta, André Sheik, Eduardo Mariz, Felipe Barbosa,Greice Rosa, Julio Castro, Leonardo Ramadinha, Lia do Rio, Marcio Zardo, Marco Antonio Portela, Mirela Luz, Osvaldo Carvalho, Patricia Gouvêa, Raimundo Rodriguez, Rogério Reis, Rosana Ricalde, Xico Chaves. Curadoria de Marcio Zardo. Suas narrativas plásticas, poéticas e visuais não caminham em linha reta, mas se bifurcam, entrecruzam-se, pois são múltiplos os focos narrativos e as possibilidades de desfecho.

Imprecisão, vazio, incompletude e ambiguidade são termos recorrentes para designar as formas do mistério ou, as que geram a possibilidade de descoberta e da participação.
Assim, este projeto de exposição é colocado como uma proposta, cabendo ao participante construir sua versão.

Marcio Zardo, curador
Artista visual, professor e graduado em jornalismo, atuou durante 20 anos em Comunicação corporativa. A partir de 1999,pasou a dedicar-se integralmente às artes visuais. Frequentou a Escola de Artes Visuais, no Rio de Janeiro e, desde então, realizou sete exposições individuais, participando ainda de mais de 40 coletivas no Brasil, EUA e Portugal.

 

Compartilhar: