DASARTES 71
abril 2018

TONY CAMARGO
PAULO PASTA
SP-ARTE
COLETIVO DOMA
RODOLPHO PARIGI

LEIA . BAIXE . COMPARTILHE ARTE

REFLEXO – Mostra panorâmica, no museu Oscar Niemeyer, percorre os 20 anos da produção artística do paranaense Tony Camargo e revela profunda investigação sobre a espacialidade do mundo real. Veja o que artista nos conta, destacando seis obras de sua carreira.

DESTAQUE – “Projeto e Destino é a primeira exposição de Paulo Pasta no Instituto Tomie Ohtake que reúne um conjunto de pinturas com dimensões quase arquitetônicas produzidas nos últimos treze anos e que refletem seu arsenal pictórico. Veja o texto do curador Paulo Miyada.

DO MUNDO – Em exposição na Adelina Galeria, o coletivo argentino DOMA satiriza a sociedade contemporânea, cuja indecisão existencial já não é mais “ser ou não ser”, mas sim “crédito ou débito”.

ALTO RELEVO – A 14ª edição da SP-ARTE – Festival Internacional de Arte de São Paulo – expande o circuito de arte pela cidade e programação no pavilhão da Bienal.

OUTRAS NOTAS – “Sem título” é o nome da primeira individual de Rodolpho Parigi na Casa Triângulo, onde 15 trabalhos inéditos são apresentados na galeria que possui um espaço digno de pintores muralistas, potencialidade que o artista não deixa de explorar. Veja texto do curador Philipe F. Augusto.

RESENHAS – Veja resenha da exposição individual “Luz com Trevas” do artista Cabelo no Espaço Cultural BNDES, pelas palavras do autor Guilherme Gutman.

ALTO FALANTE – Os autores Alexandre Sá e Vitor Ramalho dissertam sobre os últimos acontecimentos trágicos no país e relembram a icónica obra de Cildo Meireles “Inserções em circuitos ideológicos – Projeto cédula” de 1970, agora em uma nova versão, para 2018.

DE ARTE A Z, AGENDA, NOTAS DE MERCADO, COLUNA DO MEIO e LIVROS completam esta edição nº 71 – Ano 10 de abril de 2018.


Compartilhar: