DASARTES 70
Março 2018

TARSILA DO AMARAL
PETER PAUL RUBENS
ALEIJADINHO
MATHEUS ROCHA PITTA
CAROLINA PONTE
INGRID BITTAR

LEIA . BAIXE . COMPARTILHE ARTE

CAPA – A primeira grande exposição de Tarsila do Amaral nos EUA comemora o trabalho pioneiro e a influência duradoura da artista brasileira. Saiba tudo sobre a mostra,”Inventando a arte moderna no Brasil” pelos curadores do MoMA NY.

FLASHBACK – Quase nenhum outro artista exerceu tal influência decisiva na pintura barroca europeia como Rubens fez. O museu Städel em Frankfurt dedica uma mega exposição ao mestre e explora um aspecto até agora pouco considerado em seu processo criativo.

DESTAQUE – Inaugurando o ciclo de 2018, dedicado às histórias afro-atlânticas, o MASP apresenta a obra de Antônio Francisco Lisboa, o Aleijadinho, umas das principais referências da Arte Sacra, do Barroco e do Rococó no Brasil. Com a palavra o curador da mostra Rodrigo Moura.

REFLEXO – Matheus Rocha Pitta foi convidado para produzir três estelas (lápides) no “foyer” do MAM Rio com referências a acontecimentos ocorridos na cidade do Rio de Janeiro nos últimos cinco anos. O artista nos contou todo o processo em detalhes.

ALTO RELEVO – A mostra individual “Balangandã” de Carolina Ponte na Zipper Galeria, em São Paulo, é fruto de duas residências, na França e Dinamarca. Veja o que o curador Shannon Botelho diz sobre toda a magia visual desses balangandãs.

GARIMPO – Sobre a obra da artista Ingrid Bittar, a autora Elisa Maia diz que: “O excesso de registros transborda de forma quase barroca nas imagens. Mas ainda que abuse de referências provocadoras, Ingrid não abre mão da beleza como forma de seduzir e capturar o olhar do espectador.”

RESENHAS – Veja resenha da exposição “O maravilhamento das coisas” na Galeria Sancovsky pelo autor Allan Yzumizawa e a comparação do filme “The Square” com a obra de Antônio Dias pelo autor Cahoni Chufalo.

DE ARTE A Z, AGENDA, NOTAS DE MERCADO, COLUNA DO MEIO e LIVROS completam esta edição nº 70 – Ano 10 de março de 2018.


Compartilhar: